Contactos

Adilson consorcios ltda.

  • Pessoa de contato: Adilson Ltda
  • Telefone: +55 (11) 4106-22-40 ramal 11, 11993993448
  • +55 (11) 99399-34-48 ramal 11, 11993993448
  • Endereço postal: RUA ALMIRANTE PEREIRA GUIMARÃES, 265 - PACAEMBU - SP, são paulo, São Paulo, 01250-001, Brasil

Renovações do site
Z1000, foto 1
  • Z1000, foto 2
  • Z1000, foto 3
  • Z1000, foto 4
  • Z1000, foto 5
  • Z1000, foto 6
  • Z1000, foto 7
  • Z1000, foto 8
  • Z1000, foto 9
  • Z1000, foto 10

Z1000

Com uma personalidade própria, a Z 1000 pretende desafiar com sua renovação total a grande oferta de Nakeds que esta surgindo no mercado atual.
disponível
R$50.090
Encomendar
Informação de contato
  • Pessoa de contato: Adilson Ltda
  • Telefone: +55 (11) 4106-22-40 ramal 11, 11993993448
  • +55 (11) 99399-34-48 ramal 11, 11993993448
  • Endereço postal: RUA ALMIRANTE PEREIRA GUIMARÃES, 265 - PACAEMBU - SP, são paulo, São Paulo, 01250-001, Brasil
Descrição detalhada de um produto
  • FOTOS DO SITE MERAMENTE ILUSTRATIVAS.

Com uma personalidade própria, a Z 1000 pretende desafiar com sua renovação total a grande oferta de Nakeds que esta surgindo no mercado atual.

Fotos da Kawasaki Z 1000
Parece que as Hiperesportivas não estão passando pelo melhor momento comercial, já que estão perdendo espaço para suas irmãs mais leves as Nakeds. Esse conceito esportivo não varia muito no caso da mossa protagonista, onde o poderoso motor é de uma autêntica esportiva. Mas devido a seu largo guidão e sua notável parte baixa, faz que a pilotagem dessa musculosa naked se converta mais prática e manejável.
Cara de raiva

Um dos principais argumentos dessa musculosa naked é sem duvida sua agressiva estética; a forte personalidade da frente dessa moto é uma declaração do que é capaz. O duplo farol Multiconvex faz a moto ter uma cara de raiva, seus acabamentos laterais do radiador, além de integrar os piscas, protegem do ar. O grande tanque de combustível é imponente e é mais cômodo do que aparenta pelo seu tamanho. O banco, entretanto é um pouco duro e a posição de pilotagem é correta, mas nossas nádegas se vão queixar um pouco se pilotamos por mais de uma hora. Pior será para o passageiro que além do banco duro ainda tem uns pedais muito altos. Outro detalhe característico e exclusivo desse modelo são as jantes polidas, que proporcionam agressividade e uma estética streetfighter combinando com o resto dos componentes, como por exemplo, os silenciadores. O painel é composto por um grande tacômetro com um círculo branco de muito boa visibilidade e dentro do círculo na lateral direita um prático indicador de combustível. Para a velocidade, temperatura, trip (hodômetro parcial) e relógio uma tela digital; o único que encontramos é que só tem o hodômetro parcial, porque não colocar os dois?
Musculosa, mais estável

O chassi mudou completamente, mas segue conservando a estrutura da espinha dorsal tubular em aço, com o novo quadro de alumínio concebido especialmente para a Z1000. As peças do quadro abraçam ao motor pelas laterais e dessa forma consegue além de uma maior rigidez, um suporte extra para o motor. O ângulo de direção dessa nova Z foi modificado com a finalidade de fazer a moto um pouco mais estável, ganhando mais meio grau assim que agora tem 24,5º. Apesar disso a moto conserva uma mais que destacável agilidade na parte dianteira, inclusive poderia dizer que se nota muito nervosa na pilotagem, sobre tudo se aceleramos forte em rápidas mudanças de um lado para o outro. As sensações em curvas rápidas foram muito boas, com um grande apoio das duas rodas; sensação que se vê claramente justificada pela largura do pneu traseiro. A opção de colocar um pneu de 190 na parte traseira, sem dúvida, influi na grande estabilidade da moto, mas com um 180 seria mais que o suficiente e ganharia ainda mais agilidade. O resto das peças também tem uma parte de responsabilidade no comportamento na moto da Akashi. A forquilha invertida é totalmente ajustável e oferece amplas combinações para deixar a Z como agente gosta. A parte traseira não podia ser diferente. Acompanhada com um generoso braço oscilante de alumínio encontramos um amortecedor também ajustável, que atua sobre um conjunto progressivo de bieletas, o Uni-Trak.
Reciclagem ou morte

O propulsor dessa super Z foi modificado diversas vezes. O primeiro motivo, segundo pessoas da Kawa, foi melhorar as baixas e medias do motor. A verdade é que o motor se mostra mais vivo nessas faixas de rotações, mas temos que esperar até as 3.000rps para começar a sentir o poder dos 953cc. A resposta é esmagadora até próximo das 9.000, onde o motor segue subindo as rotações, mas não empurra com a mesma garra. Kawa declara 125cv, mas se temos em conta com um motor de 10kg, a potência parece superior. Para atingir esses níveis e passar pelas normas da Euro 3, foi modificada a injeção e escape, que são parte ativa da nova estética e características da Z1000. Ainda que bastante volumoso o motor é um símbolo inconfundível desse modelo.
Com ABS

E ainda, para poder frear tido contamos com a Nissin, que equipa a parte dianteira com pinças radiais que modem uns discos de 300mm. A parte traseira tem um disco de 250mm e uma pinça com um só pistão, que é suficiente para ajudar a parte traseira. Apesar de sua aparência de moto esportiva encontramos detalhes tão interessantes como a opção de freio com ABS; por uns 500 euros mais teremos esse extra de segurança. O preço dessa musculosa naked é de 9.550 euros e esta disponível no seu concessionário Kawasaki nas cores, preta, laranja e azul marinho.

Informação para encomenda
  • Preço: R$50.090
Categoria do catálogo Negociol.com: Outros veículos e carrinhas comerciais em São Paulo
Criado: 18/05/11 09:39
Alterado: 06/11/17 15:36